content
Notícias   ››   Hospital   ››   Infraestrutura
WEBCAST

Ideia é vencer os desafios da cadeia de valor na saúde

Autor: Thaia Duó
Fonte: Thaia Duó Publicado em 27 de Novembro de 2009 às 17h30

Núcleo de Gestão em Saúde do Sírio-Libanês conta com a parceria da Fundação Dom Cabral

O Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, inaugurou nesta sexta-feira (27) o Núcleo de Gestão em Saúde (NGS). A instituição conta com a parceria da Fundação Dom Cabral para desenvolver pesquisas e metodologias, além de discutir políticas, práticas e ferramentas entre os profissionais do setor.

A principal proposta do NGS é gerar conhecimento sobre a cadeia de valor na área da saúde, desde a produção de insumos, medicamentos, equipamentos médicos e organização da rede de prestação de serviços e das operadoras. "A ideia é olhar para a cadeia de valor como um todo. É estudar essa cadeia e verificar como aumentar a eficiência dela para que ela se torne mais efetiva", explica o superintendente corporativo do Hospital Sírio-Libanês, Gonzalo Vecina Neto ao comentar que a grande dívida que o setor da saúde tem hoje com a sociedade brasileira é de cumprir o desafio da efetividade, ou seja, da entrega de serviços.

Durante a solenidade de inauguração foram citados três desafios: o financiamento adequado; a gestão; e a exigência por novas soluções. "Isso é realidade para toda a cadeia", ressalta.

Nesse sentido a sociedade através do Estado tem um desafio singular, que é descobrir quais são os canais onde deve haver a capacidade indutora de soluções, seja por meio do poder de compra do estado ou seja por meio da criação dos pólos de desenvolvimento de novas tecnologias e de novos processos.

Desta forma, o hospital como núcleo de gestão se propõe a perscrutar esse conjunto de problemas e através de um olhar crítico sugerir alternativas que podem ser adotadas, ou não, pela sociedade e pelos seus instrumentos, como é o caso das empresas privadas e públicas que atuam no setor da saúde.

"Nossa ideia é que em seis meses já estaremos realizando as primeiras publicações oriundas das primeiras reflexões que estaremos fazendo sobre estas questões da cadeia de valor", prospecta Vecina.

Parceria

A Fundação Dom Cabral acredita que os principais desafios de atuar como parceiro do Hospital Sírio-Libanês no Núcleo de Gestão em Saúde é trabalhar em co-operação.

"Quando você junta forças complementares se cria possibilidade de levar para a sociedade e para o mercado um conjunto muito mais completo de conhecimento e de serviço. E para que isso seja concretizado é necessário trabalhar em conjunto, a quatro mãos. Os desafios não são tecnológicos, nem financeiros", conta o presidente da Fundação Dom Cabral, Emerson de Almeida.

O executivo acredita que a gestão no seu todo é uma área extremamente importante para completar o setor especializado da saúde. Assim, a parceria entre as instituições é considerada importante por Almeida sob o ponto de vista de que dentro da gestão existem questões importantes como a capacidade de empreender, de gerir e de formar líderes com visão mais ampla das organizações.

"Além disso, tem a questão, hoje muito presente, da responsabilidade social da sustentabilidade e tudo isso vai ser adicionado dentro do Núcleo de Gestão em Saúde no sentido de melhor capacitar o setor no Brasil", conclui.

Acesse o webcast e veja a entrevista na íntegra!

Você tem Twitter? Então, siga http://twitter.com/SB_Web e fique por dentro das principais notícias do setor.
Tags
Nenhuma tag cadastrada
Últimos comentários

Não há comentários

Compartilhe Comente e compartilhe sua opinião com nossa comunidade!

Últimas notícias